CRUZEIROS NA PANDEMIA: PERIGO À VISTA!
8 de novembro de 2021
CORONAVIRUS E A FARRA EM ALTO MAR
11 de novembro de 2021

AVIAÇÃO: COMBUSTÍVEL DOBRA DE PREÇO, MAS QUEM PAGA SOMOS NÓS

Será tão difícil entender que aviação não é luxo, mas vital para o crescimento econômico? É simples. O querosene de aviação representa um terço dos custos do avião. Não são apenas as passagens aéreas de quem viaja a lazer ou necessidade pessoal que encarecem.

Quando o combustível  aumenta, há um impacto direto para os que viajam a trabalho e no preço das mercadorias transportadas por avião. Estes custos são repassados para o consumidor final. Pois é exatamente isso o que acaba de acontecer.

O preço do combustível de aviação praticamente dobrou no 2º semestre deste ano. É mais até que o aumento indecente da gasolina e gás de cozinha. É 25% a mais do que o combustível custa nos EUA.

Por que isto acontece?

O Brasil é o único país do mundo que cobra tributos como o ICMS sobre o produto. E a Petrobrás insiste na paridade do preço com o dólar, que já anda pelas alturas.

Enquanto os governos federal e estadual ficam neste jogo de empurra-empurra de responsabilidades, a economia vai para o brejo. Fica menos competitiva. O custo de vida aumenta. E a gente é que vai pagar a conta. O que você acha disso?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.